08 dez

5 tendências para o Marketing de Influência em 2018

Durante o último Encontro B4Tcomm, o painel “Diga-me quem influencias e saberei quem és” agitou os debates e trouxe alguns insights sobre o mercado de marketing de influência para 2018. Pode-se dizer que foram até previsões.

Como sempre buscamos compartilhar com nossos clientes e leitores o que vem por aí na área de comunicação e, mais especificamente em assessoria de imprensa, listamos abaixo cinco temas para ficar com olhos e ouvidos bem abertos no ano que está chegando.

1. O Marketing de Influência já é considerado como uma estratégia comum no plano de comunicação

Se sua agência ou departamento de marketing não incluiu ações com influenciadores para o próximo ano, peça revisão do plano agora. Nos Estados Unidos, cerca de 84% dos profissionais de marketing vão realizar pelo menos uma ação com influenciadores em 2018.

2. Micro-influenciadores estão mais conscientes de suas capacidades

Preste atenção nos perfis com até 100 mil seguidores. Geralmente se dedicam a um nicho de atuação específico e trazem maior engajamento em seus posts. Sem contar que conhecem melhor sua comunidade e são mais criteriosos em ações pagas ou de parceria.

3. Macro-influenciadores estão se tornando espalhafatosos, massantes

Overposting também é um problema. Influenciador que fala de tudo pode não entender de nada. Mais do que alcance, as marcas estão valorizando conversão de metas quando lançam uma campanha. Fique atento para não dar tiro de canhão para matar passarinho.

4. Haverá mais transparência

Ações publicitárias ou de assessoria de imprensa devem ser transparentes também no Marketing de Influência. Identificar que o post foi pago ou resultado de uma parceria aumenta a credibilidade das marcas e dos influenciadores. Transforme consumidores em embaixadores dos seus produtos e serviços começando pelo básico: a verdade.

5. Stories são o futuro do marketing de influência

Não desperdice essa ferramenta. Instagram, Facebook e até o WhatsApp, só pra ficar nas três redes sociais mais utilizadas no Brasil, oferecem a funcionalidade do futuro. Os vídeos curtos e instantâneos são mais espontâneos e deixam sua marca se aproximar naturalmente de seus clientes por meio dos influenciadores. Há alguns especialistas que acreditam que Stories substituirão os blogs. Será?

Relacionados

Baixe o E-book com dicas para chegar ao topo com Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *